Mota-Engil assinala presença de 30 anos na Bolsa

Mota-Engil assinala presença de 30 anos na Bolsa

Novembro 07 2017

A Mota-Engil comemorou 30 anos de presença no mercado de capitais português, numa cerimónia que teve lugar na sede da Euronext Lisbon.

O evento contou com a presença de vários membros do Conselho de Administração, bem como diversas personalidades relevantes no percurso histórico do Grupo Mota-Engil.

Recorde-se que, em 1987, na estreia da Mota & Companhia em bolsa, a capitalização bolsista da empresa era de 156 milhões de euros, um valor bem diferente dos 831 milhões de euros de hoje.

O Presidente do Conselho de Administração, António Mota, defende que “esta é uma data importante e que uma parte do conhecimento da empresa deve-se também à capacidade de encontrar os capitais necessários para fazer o seu desenvolvimento”. Remetendo para um dos momentos mais emblemáticos da história do Grupo, o Presidente admite que “não haveria fusão da Mota com a Engil se as duas empresas não estivessem cotadas em Bolsa; só a conjugação da vontade dos acionistas com esse facto é que permitiu que a fusão fosse feita com sucesso.”

Para o presidente da Euronext Lisbon, Paulo Rodrigues Silva, a Mota-Engil “é um exemplo da importância do mercado de capitais no financiamento da economia real”.

A Mota-Engil é atualmente uma das empresas históricas da praça nacional e que mais subiu em 2017, valorizando mais de 114% este ano.

Para o futuro, António Mota acredita que “2017 seja o ano de inversão do decréscimo e que 2018 seja um ano de consolidação do crescimento”, e garante que o Grupo está “a desenhar um projeto que vai ter tendência a crescer nos próximos anos”.